buscar

Como ensinar política usando o jantar em família

É comum encontrarmos por aí jovens dizendo: “Sou muito jovem para me envolver com política ou ter opinião sobre isso”, ou então mulheres que dizem: “O mundo da política é sujo, não quero me envolver com isso”. O fato é que, não precisa ser necessariamente um ativista declarado para participar da política.

Vida
1 mês atrás
Como ensinar política usando o jantar em família

A política não é só doutrina, é conscientização. É preciso manter-se informado e não só votar nas eleições quanto possível. A política é a ferramenta usada para estruturar uma sociedade, ela governa cada aspecto da vida, e ao deixar de participar dela, você literalmente permite que outros decidam o que pode comer e onde, se pode ter acesso à assistência médica, à educação gratuita, o quanto de impostos paga, quando poderá se aposentar, o quanto receberá de aposentadoria. Outras pessoas também estão decidindo se sua raça e etnia bastam para considerá-lo criminoso. Ou se sua religião e nacionalidade bastam para colocá-lo em uma lista terrorista.

A base inicial da política

Cada parte da política inclui a tomada de decisão, e dentro desse processo deve-se incluir pessoas de diferentes origens, interesses, opiniões, gêneros, crenças, raças, etnias, idades e assim por diante. E todos deveriam ter a mesma oportunidade de contribuir para o processo decisório e de influenciar as decisões que afetarão a vida deles direta ou indiretamente.

Na Líbia, por exemplo, é um país em meio a uma guerra civil, que após 40 anos de um regime autoritário se tornou um cenário onde o engajamento político de mulheres ou jovens não é encorajado e nem possível.

Todos as conferências políticas que ocorreram nos últimos anos lá, até mesmo aqueles promovidos por potências estrangeiras, foi realizados apenas com presença de homens de meia-idade. E eles têm feito leis, políticas, mecanismos para participação política que são baseados nas opiniões, crenças, visões de mundo, sonhos, aspirações desse grupo de pessoas, enquanto todo o resto é mantido fora. No entanto, esse quadro é encontrado em quase todos os restantes dos países.

Acontece que, muitas pessoa, tanto quanto os jovens e mulheres não têm interesse nenhum pela política, por não saberem realmente o que é a política. E diante disso acabam não se importando com a política porque mesmo que se importassem não saberiam como participar.

Para resolver essa situação a ativista Hajer Sharief propôs em uma palestra ministrada por ela para a TED em julho de 2019 que: “Precisamos ensinar às pessoas, quando jovens, sobre a tomada de decisões e como ser parte dela. Toda família é o seu próprio minissistema político, que nem sempre é democrático, porque os pais tomam decisões que afetam todos os membros da família, enquanto as crianças têm muito pouco a dizer. Igualmente, os políticos tomam decisões que afetam a nação inteira, enquanto o povo tem muito pouco a dizer.”

E completa dizendo: “Para alcançar essa mudança sistematicamente, precisamos ensinar às pessoas que assuntos políticos, nacionais e mundiais são tão importantes quanto os pessoais e familiares. Portanto, para que consigamos, proponho e sugiro pôr em prática o sistema de “Reunião Democrática em Família”. Ele possibilitará que seus filhos exercitem a iniciativa e a tomada de decisões desde cedo.”

Nesse caso, se incluírem seus filhos nas conversas em família, eles crescerão e saberão participar das conversas políticas e até mesmo ajudarão outros a se engajarem. Portanto, a política é feita de conversas, incluindo conversas difíceis, que levam a decisões. E, para se ter uma conversa, é necessário participar.

Bill Gates disse que criaria galinhas se ganhasse US$ 2 por dia
Bill Gates deu uma dica valiosa em seu blog “Gates Notes” do que fazer se ganhasse US$ 2 por dia, e a resposta é bem simples, criar galinhas. Os motivos para isso são bem...
Psicóloga investiga quando as crianças começam a se importar com a opinião dos outros
Desde muito cedo, as crianças, assim como os adultos, são sensíveis aos valores que atribuímos a objetos e comportamentos. São esses valores usados para guiar um...
Por que muitas vezes negligenciamos grandes problemas
Existem basicamente três motivos pelo qual algumas pessoas conseguem lidar com grandes problemas e outras apenas desviam o olhar. Em primeiro lugar, tem a ver com cultura,...
Política: Como conduzir uma conversa entre pessoas que discordam
Em um mundo profundamente dividido, conversas que possui assunto principalmente relacionado à política, sempre terá discorda. Mas um projeto desenvolvido pela repórter...
Como escolher vestido
Há aqueles mais rígidos, outros mais sensuais, ou ainda aqueles bem despojados que combinam até com tênis. Acredite, fica...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...